Os dados empresariais do seu negócio estão seguros? Como se proteger adequadamente

Segurança, Tecnologia, Uncategorized
Imagem Blog - Principais ameaças aos dados empresariais

Segundo um estudo realizado pela Fortinet, o Brasil sofreu 1,6 bilhões de ataques somente nos três primeiros meses de 2020. De acordo com a pesquisa, houve um aumento de 131% na incidência de vírus em março em comparação ao mesmo mês de 2019.  

E ao passar do ano, o número de ataques só foi aumentando. De acordo com a Associação Brasileira de Internet (Abrasel), entre janeiro e setembro de 2020, o país sofreu mais de 3,4 bilhões de tentativas de golpes. 

E a tendência é que a cada ano esse número cresça cada vez mais. É o que diz o estudo “Tendências de Adoção de Soluções de Segurança e IAM” conduzido pelo Gartner, onde a consultoria aponta que o cenário de ameaças em evolução será o principal fator de impacto na segurança da informação entre os próximos três a cinco anos.  

Muitas empresas atualmente possuem uma falsa sensação de segurança em relação às ferramentas utilizadas para a proteção de dados. E o crescimento assustador do número de ataques traz uma necessidade urgente prestar mais atenção à segurança das informações. 

Focar na proteção de dados empresariais para evitar vazamentos e invasões deve ser prioridade de qualquer empresa que vise o crescimento. E apesar de o ransomware ser o principal meio que os cibercriminosos utilizam para atacar empresas de pequeno e médio porte, há ainda muitas outras com as quais é necessário se preocupar.  

 

Principais ameaças à proteção de dados empresariais 

Ataques DoS e DDoS 

Enquanto o DoS (Denial of Service) sobrecarrega um servidor ou um site para torná-los indisponíveis, o DDoS (Distributed Denial of Service) é uma evolução, que faz com que o computador fonte do ataque utilize-se de outros infectados para atacar novos alvos. 

Backdoor 

O backdoor é um tipo de cavalo de troia que permite que o cibercriminoso tenha acesso a todo o sistema, possibilitando a exclusão, modificação e cópia de todos os arquivos.  

Ataque DMA 

A memória do dispositivo é diretamente atacada e acessada, podendo depois ser modificada ou excluída.  

Eavesdropping 

Focado na violação de confidencialidade, esse tipo de ataque colhe todas as informações contidas no dispositivo alvo.  

Spoofing 

O Spoofing falsifica o IP e finge ser uma fonte confiável, fazendo com que o usuário seja atacado sem saber.  

Decoy 

Simula um programa seguro ao usuário, armazenando as informações de login e senha que serão utilizadas mais tarde pelos hackers.  

Ransomware 

Apesar de existirem diversos tipos de malware, o ransomware é o mais comum de todos. É por meio dele que os hackers controlam remotamente arquivos e softwares do usuário, exigindo uma recompensa financeira pela liberação dos mesmos.  

Post scanning attack 

Também realizado por meio de um malware, esse tipo de ataque busca por uma vulnerabilidade no servidor alvo, e assim que a encontra acessa as informações armazenadas.  

Falhas comuns 

Mesmo um computador ou servidor bem configurado, ainda está sujeito a falhas de outras aplicações ou softwares e que podem ser utilizadas como pontos de vulnerabilidade.  

Geralmente, as ferramentas utilizadas no navegador são os alvos mais comuns, principalmente as que são elaboradas em HTML e Javascript.  

Os benefícios da proteção de dados para o seu negócio 

Ao garantir que os dados empresariais recebam a devida proteção, há uma série de benefícios que estão acoplados.  

O principal deles é a redução de custos, tanto em relação ao risco de prejuízo financeiro que é evitado quanto às despesas relacionadas à contratação de inúmeras ferramentas para se obter escalabilidade.  

Outro fator importante que deve ser destacado  é reduzir as chances de que mais de um computador da empresa ou servidores fisicamente próximos também sejam atacados durante uma invasão.  

Isso porque, caso um desastre atinja um notebook ou desktop, ele pode facilmente acessar os outros nas proximidades, chegando até o servidor. Portanto, mesmo que o ataque atinja primeiramente apenas um dispositivo, as chances de todos serem infectados é muito grande.  

Nesse sentido, não só os dados sigilosos da empresa serão acessados, como todas as informações que estejam sob sua responsabilidade. As consequências podem ser a interrupção do funcionamento da organização, ocasionando um impacto significativo na sua imagem e credibilidade perante o mercado e os clientes.  

Elevar o nível de proteção de dados é também evitar as perdas consequentes das interrupções causadas no armazenamento. Essas pausas afetam o desempenho das análises, reduz a qualidade dos insights e interfere negativamente na tomada de decisões do negócio. 

Desse modo, o nível de competitividade da empresa também é drasticamente afetado e diminuído. Muitas empresas deixam de investir na proteção de dados pois acreditam que não serão atacadas. Porém, quando a invasão ocorre, os prejuízos são imensos.  

Quer saber mais sobre os impactos da perda de dados, os números relacionados a ataques do ano passado e, porque é preciso investir na segurança dos dados? Confira nosso infográfico 

Como proteger os dados da empresa? 

Para que a proteção de dados ocorra de uma forma eficiente, é preciso que o sistema de segurança conte com ferramentas e soluções que mitiguem possíveis falhas e vulnerabilidades. 

Pensando nisso, separamos a seguir algumas soluções e medidas que são ideais para se proteger de forma adequada das principais ameaças cibernéticas. Confira a seguir.  

Utilize soluções baseadas em EPP e EDR 

Muitos dos antivírus e firewalls que as empresas utilizam são ferramentas antigas e desatualizadas e que não estão preparadas para fornecer uma proteção adequada diante das novas ameaças.  

Nesse cenário, o Gartner prevê que, até o final de 2023, mais de 50% das organizações terão substituído essas ferramentas mais antigas por plataformas de proteção de endpoint (EPP) e soluções de detecção e resposta de endpoint (EDR). 

Nesse sentido, o EPP e o EDR possuem recursos mais inteligentes para prevenção e combate às ameaças. 

Tenha VPNs 

Uma VPN (Virtual Private Network) é essencial para garantir a segurança do trabalho remoto neste momento. Isso porque ela conta com um sistema de criptografia de dados, o que dificulta a interceptação de cibercriminosos que não conseguirão decifrar as informações no caso de um ataque. 

Atualize seus sistemas 

Manter os sistemas atualizados é fundamental para evitar a criação de pontos de vulnerabilidade no sistema, por onde os hackers podem tentar uma invasão.  

Utilize armazenamento em nuvem 

O armazenamento em nuvem tem se tornado cada vez mais utilizado por empresas que querem garantir a proteção de seus dados sigilosos. Isso porque, mesmo que um dispositivo seja atacado, os criminosos não conseguirão acessar os dados alocados na plataforma.  

Faça backups 

Realizar backups periodicamente é crucial para garantir que os dados mais importantes não sejam perdidos em um sequestro de informações como o ransomware. Inclusive, há no mercado ferramentas que fazem o backup de forma automática, o que assegura a proteção de informações sensíveis.  

Direitos de acesso monitorados e limitados 

Para garantir a total proteção dos dados sigilosos, é imprescindível que a empresa conte com uma classificação de níveis de acesso. Nesse sentido, caso uma conta seja invadida, ela não terá acesso a todas as informações da instituição.  

No caso de empresas de médio e grande portes, o ideal é utilizar sistemas SIEM (Security Information and Event Management) e soluções especializadas que determinam ações potencialmente perigosas automaticamente e consideram especificidades do setor e do cliente. 

Faça uso da Criptografia 

Utilizar sistemas de criptografia é a melhor forma de proteger os dados mais sensíveis da empresa perante ataques e vazamento de dados. Isso porque, quando o arquivo é criptografado, ele gera códigos indecifráveis e que só podem ser acessados por meio de uma senha.  

Desse modo, mesmo que algum funcionário não tome o cuidado adequado com as informações, acessá-los será uma tarefa quase impossível para os hackers.  

Conte com equipamentos de telemetria 

Esses equipamentos emitem alerta quando  falhas ocorrem no processamento de dados, fazendo com que a equipe responsável pelo monitoramento de segurança dos dados se dirija imediatamente para a correção e restabelecimento do funcionamento da ferramenta em questão.  

Ficou com dúvidas sobre quais soluções podem funcionar melhor na sua empresa? Fale com os nossos especialistas 

Post a comment